ptosepalpebral.jpg

Ptose Palpebral

A queda das pálpebras superiores abaixo de um nível considerado normal, é chamado ptose palpebral, ela pode ser congênita (desde o nascimento) ou pode ser causada por algum trauma, ou tumor ou até mesmo pela idade. O mais importante é que ela tem tratamento, e que este tratamento deve ser direcionado para a causa e para a gravidade da ptose. As ptoses mais leves e que melhoram com a aplicação de colírio de fenilefrina, podem ser corrigidas por meio de um procedimento rápido, chamado conjuntivomullerectomia. As ptoses mais graves, com desinserção do músculo levantador da pálpebra superior, necessitam da cirurgia com corte na pálpebra, para identificar e corrigir essa desinserção muscular. Essa cirurgia pode ser feita simultaneamente com a blefaroplastia, em casos onde houver indicação.