envelhecimento-facial.png

Envelhecimento Facial

O envelhecimento é um processo inerente a todos os seres vivos. Todos iremos envelhecer, a questão é como. A face envelhece de maneira padronizada: os ossos da órbita (ao redor dos olhos) são absorvidos, criando um aspecto encovado, os ossos da maxila também atrofiam, diminuindo a projeção das bochechas e permitindo a queda das bochechas (formando o buldogue), a gordura das bochechas cai, acentuando os sulcos nasogenianos (bigode chinês),  a gordura temporal é absorvida, criando o aspecto emagrecido, a região frontal fica mais proeminente e com relevos, as pálpebras ficam flácidas e podem cair sobre os cílios, as gorduras das pálpebras também sofrem queda e podem dar um aspecto cansado, os lábios ficam mais finos e o lábio superior aumenta em comprimento, cobrindo os dentes durante a fala e o sorriso. Além disso, a ação da musculatura frontal , corrugadora, orbicular, mentual, depressora dos angulos da boca, cria rugas estáticas que pioram com o tempo.
Para isso, há necessidade de tratamentos preventivos, como uso de cremes, toxina botulínica e preenchedores. Também há necessidade de tratamentos direcionados para cada alteração: blefaroplastia superior e inferior para correção da flacidez e gordura palpebral, ritidoplastia para a correção das rugas da face e reposicionamento e sustentação dos tecidos para que retornem à sua posição inicial de maneira mais harmônica, lipoenxertia de face, para retorno do volume das maçãs do rosto, região temporal e outras áreas deprimidas, aplicação de ácido hialurônico para pontos estratégicos de maior sustentação e projeção, liplift, para encurtamento do lábio superior.

Tudo isso envolve um tratamento programado e de início precoce, próximo aos 30 anos de idade.

Para saber mais sobre envelhecimento facial, entre em contato conosco….